Aprenda trade esportivo

30 mil dólares operando pelo celular

Imagine uma pessoa que está dando seus primeiros passos no trade esportivo. Primeiramente, claro, ela abre uma conta na Betfair e faz seu depósito inicial. Agora, imagine que passados menos de dois meses, aquela banca surpreendentemente cresceu 6.000%. Parece loucura, não é mesmo? Pois foi o que aconteceu com o personagem desta história, contada por ele próprio ao Nettuno.

 

No entanto, diferentemente da trajetória do padeiro que vive de trade esportivo, este caso não tem final feliz. Por outro lado, é uma realidade que serve de alerta a todos que, de alguma maneira, estão envolvidos no universo do trade e das apostas esportivas. Então, vamos conhecer a história do rapaz que ganhou 30 mil dólares operando pelo celular.

 

 

Começando a operar com 500 dólares

 

30 mil dolares operando pelo celular Betfair

 

Esta história começa no dia em que nosso personagem se cadastra na Betfair, com o intuito de dar seus primeiros passos no trade esportivo. Ele, então, deposita 500 dólares e passa a operar.

 

Aliás, já temos aqui um primeiro detalhe que poderá explicar muita coisa lá na frente. Ele operava apenas via telefone celular. Embora este não seja enorme problema, sem dúvida ilustra a desinformação do rapaz. Operar pelo celular é plenamente viável em vários momentos. Mas, com certeza, é praticamente impossível sobreviver no mercado agindo somente desta forma.

 

Aos poucos, nosso personagem foi crescendo sua banca. E, mais grave do que operar no telefone, ele utilizava métodos extremamente arriscados. Ou, melhor dizendo, nem sequer tinha métodos. Da mesma forma, a tão importante gestão de banca também era ignorada. Tanto que os reds eram recuperados com all in.

 

 

De 500 dólares a 30k de banca no trade esportivo

 

30 mil dolares operando pelo celular dinheiro

 

Seja como for, o rapaz vinha acumulando sucesso. Aliás, isso é bastante comum aos novatos, que conseguem ganhar no começo. O problema, como veremos adiante, é manter a tão desejada consistência, palavrinha quase mágica no universo das apostas e do trade esportivo.

 

Pois, um belo dia, nosso trader olhou para seu saldo na Betfair e viu a incrível marca de 30 mil dólares. Ou seja, sua banca inicial havia valorizado 6.000% em apenas aproximadamente dois meses. Só para ilustrar, levando em consideração a cotação do dólar em maio de 2019, ele tinha cerca de R$ 120 mil.

 

O que ele fez, então? Percebeu a lucratividade enorme que havia conseguido e sacou metade deste valor. Na verdade, transferiu os 15 mil dólares para sua carteira da Neteller, que naquela época ainda aceitava clientes da Betfair no Brasil.

 

 

De 30 mil dólares à quebra da banca em poucas horas

 

30 mil dolares operando pelo celular sem dinheiro

 

Você se lembra que, no começo deste artigo, mencionamos que nosso personagem não tinha gestão de banca. Foi dessa maneira, sem qualquer método, que ele chegou aos 30 mil dólares operando pelo celular. E como acontece com qualquer trader ou apostador que não tem uma boa gestão de banca, sua quebra estava próxima de acontecer.

 

Com 15 mil dólares de saldo na Betfair, o rapaz resolveu seguir operando da mesma maneira que vinha fazendo até então. Assim, fez uma entrada de 5 mil dólares, que resultou em prejuízo. Com o propósito de recuperar o red, ele então apostou os 10 mil dólares que sobraram. O resultado? Novo tombo e a banca zerada.

 

Mas, como o “método” de recuperar os reds com all in vinha dando certo até então, ele devolveu à sua banca os 15 mil dólares que havia transferido para a Neteller. Aliás, não só fez isso, com também apostou todo este valor num único trade. Como você deve imaginar, a ideia deu errado e o nosso personagem perdeu tudo.

 

 

‘Só foi pior quando perdi meu pai’

 

30 mil dolares operando pelo celular triste

 

Esta história foi contada pelo próprio rapaz num longo relato enviado ao Nettuno. Em meio à narrativa, uma frase, sobretudo, chamava a atenção. “A única vez na vida em que tive um sentimento pior do que quando quebrei a banca, foi no dia em que perdi meu pai”, dizia ele.

 

E não é para menos. O que aconteceu com este nosso personagem foi um baque psicológico tremendo. Afinal, ele tinha 30 mil dólares nas mãos. Era um dinheiro real, estava lá no saldo da Betfair. Pertencia a ele, por direito. Bastava sacar e fazer o (bom) uso que quisesse.

 

Mas, bastaram poucas horas e apenas três entradas mal-sucedidas para que toda esta quantia fosse embora. A analogia com a morte do pai, feita por ele próprio, talvez ajude a explicar um pouco o sentimento do rapaz. E também nos dá a dimensão do tamanho do drama.

 

 

Pecados mortais do trader esportivo

 

Analisando o caso, fica claro que diversos aspectos importantes foram deixados de lado por ele nesta caminhada. Nada do que aconteceu foi surpresa para um trader ou apostador experiente. Quem está nesse meio há algum tempo sabe bem que chegar ao topo não é tão complicado quanto manter-se lá em cima.

 

Infelizmente, os erros que este rapaz cometeu são mais comuns do que podemos imaginar. Claro que nem todo mundo chega a valores tão altos, mas, certamente, muita gente perde dinheiro desnecessariamente. Seja por desinformação, por confiar em promessas de ganhos fáceis ou até por preguiça de estudar.

 

Em primeiro lugar, o rapaz desta história não tinha um método de trabalho definido. Ele fazia as entradas quase que na intuição, sem adotar critérios relevantes. Ademais, havia a ausência de gestão de banca. Este, aliás, é um assunto importantíssimo, em torno do qual orbitam outros temas relevantes do trade e das apostas esportivas.

 

Possuir uma gestão de banca adequada e, principalmente, respeitar esta gestão, é um “segredo” do sucesso neste meio. Antes de ser lucrativo, qualquer apostador precisa sobreviver no mercado. E, para tanto, é fundamental saber quanto colocar em cada entrada, sob o risco de ter um final triste como o desta história.

 

Por fim, o pecado mortal do nosso personagem foi deixar de lado o controle emocional e tentar recuperar os reds. É sempre bom lembrar: cada trade é um trade e reds não se recuperam. Ao contrário, eles fazem parte deste negócio.

 

O objetivo de trazer a público esta história é ajudar e alertar, especialmente quem está no início da caminhada. Fazendo tudo corretamente, sua história não terá este final. Pode acreditar.

 

Veja aqui o vídeo do Nettuno contando o caso do trader que ganhou 30 mil dólares operando pelo celular.

Participe do nosso canal no Telegram